Connect with us

Colunistas

Aproveite o melhor da Franchising Week e da ABF Expo

Published

on

franchising week

Esse mês ocorre a feira de franquias da ABF-SP, dos dia 26 a 29 de Junho, no Expo Center Norte em São Paulo, evento esse considerado o “maior do mundo”, títulos que os brasileiros gostam de ostentar (não me pergunte o “porquê”). A partir do dia 24 de Junho, acontece também a Franchising Week, evento organizado pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), com os steakholders do setor, onde os associados que são franqueadores, franqueados, fornecedores, colaboradores, executivos, compartilham dados, cases, insights, tendências e discutem a evolução e desafios do setor de franchising no Brasil e no mundo.

franchising week

Reprodução: ABF

Então, na mesma semana temos eventos para franqueador, franqueados e futuros franqueados, onde todo o franchising nacional se movimenta, afim de aproveitar ao máximo o conteúdo desses eventos. Já adianto que, se você faz divulgação e tráfego pago em redes sociais, Google e etc, o tal do CAC, CPL, CPC, ou seja, o custo de um lead deve sair bem mais caro do que de praxe, pois a maioria das marcas está divulgando temas semelhantes, com palavras-chave semelhantes e a disputa pela atenção do mesmo público se torna insana.

FRANCHISING WEEK

Para os franqueadores e profissionais do setor, que são associados da ABF, o conteúdo é extenso e separado por temas para que cada segmento possa acompanhar aquilo que julga mais relevante para seu negócio.

Tem o seminário setorial de food service, com pesquisa setorial do segmento, inteligência artificial, curadoria da visita na NRA Show (maior evento do mundo do setor), entre outros temas.

Tem o seminário de saúde, beleza e bem estar, com painéis como “Inspirando Mudanças” ou a “Economia prateada” que trata da questão etária e oportunidades. Seminário setorial de redes de educação, com os temas “O futuro da Educação”  ou ” M&A e Investimentos”, e outros.

O congresso de expansão de redes, que geralmente interessa a todos do franchising, independente do segmento, e fala de inovação, oportunidades de internacionalização e cases de sucesso, e demais assuntos de interesse comum a expansão de redes de franquia.

Além dos seminários das comissões que já tem encontros ao longo de todo ano organizados pela ABF, existe espaço também o seminário de fornecedores do franchising, no qual também terei a satisfação de participar do painel “Os desafios das lojas físicas no varejo omnichannel”, esperando devolver um pouco do aprendizado que tenho frequentemente nesses eventos e encontros.

Tem também “Congresso de Franqueados”, ou seja , canal aberto para que ambas as partes, franqueado e franqueadores, tenham voz, cada um entendendo cada vez mais o seu papel.

E, as microfranquias que crescem a todo vapor, também tem seu próprio seminário, pois tem suas particularidades e sua importância cada vez maior em um mercado em que o emprego com carteira assinada não é mais a única fonte de renda de uma massa de pessoas que também querem empreender.

Dentre tantos assuntos e conteúdos acima, minha dica é: PARTICIPE DE TUDO. 

Se você está envolvido no franchising e puder tirar essa semana para se aprofundar no que tem de melhor em conteúdo em nosso segmento, seria quase um curso de “extensão”. Mesmo que você não esteja diretamente a um segmento ou outro, como alimentação ou educação, os insights, desafios e reflexões podem contribuir hoje ou no futuro para algo que você possa atravessar. Afinal, falam de aplicativos de delivery no food, mas temos desafios do digital e e-commerce em praticamente todos os segmentos. Inovação serve para todos, IA é a bola vez para qualquer segmento; Gestão de pessoas, atendimento, tudo no franchising se conecta de algumas forma, portanto, se inscreva, e aproveite.

Mais 2 dicas:

  • Anote os assuntos que lhe interessar para montar plano de ação e execução (que é o que mais importa);
  • Desligue um pouco o celular e WhatsApp. Sim, amigos, se não prestar atenção, vai perder tempo e pode não valer a pena. Portanto, aproveite que está lá e absorva de fato o conteúdo.

Pontos de atenção:

  • Franchising Week somente para associados da ABF;
  • 2 acessos por marca, com limite de espaço (então corra);
  • Evento também online (consulte o site da Franchising Week para mais informações).

ABF FRANCHISING EXPO – SP

E para quem está buscando ou pesquisando um novo negócio, um pouco de história: A ABF (Associação Brasileira de Franchising) foi fundada em julho de 1987. Em 1988 ocorreu a primeira feira de franquias no Brasil, onde os organizadores vendiam livros para financiar o evento. Por muitos anos, essa foi a única fonte de informação do setor, onde com com o crescimento das marcas, São Paulo recebia visitantes do Brasil inteiro, afim de conhecer os negócios nacionais e internacionais que buscavam expandir pelo Brasil.

Muitos anos de passaram (algumas décadas)  e outras feiras de franquia surgiram pelo Brasil, com destaque para o Rio de Janeiro, o que faz com que a feira de São Paulo não seja mais o único local para conhecer uma marca e conversar com executivos e fundadores, sendo que os principais visitantes são do próprio estado de SP, mas é sem dúvida, a principal feira do segmento e onde as marcas que lançam inovações ou estão iniciando no franchising precisam expor seu negócio.

Os stands costumam ser “suntuosos”, milhões de reais de investimentos, influenciadores, artistas, fundadores, empresários, imprensa, todos querem estar na feira de maior visibilidade nacional e repercussão mundial.

No início das feiras, quando ainda não existia Lei de Franquias no Brasil, comenta-se que houveram algumas ocorrências de fraudes nos eventos, onde virtuais “franqueadores” vendiam seus negócios, recebiam a taxa de franquia no ato, e após a feira, após descontarem os “cheques” (muito comum na época), literalmente “sumiam” e deixavam investidores na mão.

Felizmente, com a Lei de Franquias que já foi criada em 1992, ficou proibido “vender” franquias em eventos, ou antes de que o candidato possa analisar a “oferta” da franqueadora, e para isso tem 10 dias no mínimo, por lei, para analisar o negócio antes de fazer qualquer pagamento.

Essa lei veio organizar e dar segurança jurídica ao segmento, que passou a crescer a níveis geralmente acima do PIB nacional e virou uma grande opção para pequenos, médios e grandes investidores, pois há opção para todos os bolsos.

As dicas de ouro para visitar a feira:

  • Programe-se para visitar a feira mais de 1 dia, pois são mais de 400 expositores e se de fato busca negócios, precisa pesquisar com profundidade;
  • Acesse o site www.abfexpo.com.br para ver datas , horários, dicas de hospedagem, expositores, credenciamento, alimentação, locomoção, entre outras informações relevantes para o evento;
  • Gaste a “Sola de Sapato”. São 2 pavilhões e bons negócios podem estar escondidos em corredores secundários, o que não quer dizer que o negócio seja ruim ou menos relevante;
  • Dê uma volta por toda a feira, pegue os folders, tire fotos, faça anotações daquilo que mais lhe interessar para posteriormente voltar naqueles que se identificar;
  • Tem folder de toda a feira com todas as marcas, caso tenha interesse em segmentos ou marcas especificas, para ganhar tempo;
  • A feira é muito utilizada para lançamento de marcas, ou seja, aquelas que ainda requer consolidação, marca não tão conhecida, mas com diversas oportunidades de boas praças e pontos, ou seja, pode ser o melhor momento para entrar;
  • Algumas marcas fazem eventos paralelos a feira, convidando para um café da manhã em evento de aprofundamento e até visita á sede da franqueadora (quando fica em São Paulo). Bom momento para se aprofundar naquelas que eventualmente mais lhe interessaram (eu, por exemplo, farei 2 eventos “Empreenda com Franquias”, com candidatos das 4 marcas que estamos expondo na feira);
  • Por mais que goste do negócio e demonstre seu interesse, deixe para fechar negócio na sede da franqueadora, dias depois do evento, receba a COF (Circular de Oferta de franquia) e se aprofunde naquilo que não viu na feira;
  • Aproveite para visitar e falar com franqueados das marcas, que as vezes estão na feira, ou tem unidades em São Paulo, e deve ser momento rico para essa opinião de quem vivencia o negócio na prática;
  • Preferencialmente vá de Uber ou Taxi, pois estacionamento é caro e bastante cheio, e se for para Happy Hour, não precisa dirigir;
  • Tem diversas opções de alimentação no local, mas refeições rápidas em geral, e procure comer fora dos horários de pico (ou seja, chegue alimentado, e não espere achar grandes opções por lá).

Na feira você encontra muitas marcas consolidadas que ainda tem praças para expansão ou que tem oportunidades de Repasse de operações em andamento, que também pode ser uma vantagem para muitos negócios. Mas se aprofunde no motivo do Repasse.

Lá você encontra também marcas recém-lançadas, microfranquias e start-ups, ou seja, tem investimento de R$ 5mil a R$ 5milhões, se você de fato está buscando empreender com baixo risco, a feira de franquias da ABF é um oásis de oportunidades.

Use a “sola de sapato”, converse, pesquise, e espero que encontre o negócio da sua vida. Aproveite.

Imagens: Envato


*Ivan Ferreira é COO da Holding de franquias Japp, de João Appolinário, com as marcas de franquias Decor Colors, Polishop, Mega Studio, Wise Home e outras. É consultor de franquias e varejo com MBA de franquias da FIA/ABF, além de especialista em análise de franqueabilidade e canais, formatação e gestão. Master Franqueado de uma rede de açaí, também já contribuiu com os Comitês de BI, Moda, Food Service e Expansão da ABF.