Connect with us

Economia

Fraudes: a cada 1 real as empresas perdem R$ 3,59

Quatro em cada cinco organizações brasileiras afirmam que a fraude está impactando negativamente as taxas de conversão de clientes

Published

on

moedas na mesa; imagem conceito representando inflação, boletim focus; mercado financeiro; projeção inflação

Um estudo divulgado pela LexisNexis Risk Solutions, O Real Custo da Fraude 2023 – América Latina, revela que as empresas na América Latina agora enfrentam um custo de fraude 3,9 vezes superior ao valor nominal perdido em transações fraudulentas.

Estes custos incluem perdas financeiras devido a golpes, bem como despesas trabalhistas internas, custos externos, custos legais e taxas de recuperação, além das despesas associadas à substituição ou redistribuição de mercadorias perdidas ou roubadas.

No Brasil, 59% das empresas relataram um aumento nas fraudes nos 12 meses anteriores à pesquisa.  As organizações enfrentam um custo médio de R$ 3,59 por cada real perdido em fraudes (R$ 3,01 para varejistas e R$ 4,49 para instituições financeiras).

Em toda a América Latina, os canais digitais são responsáveis por 51% das perdas globais por fraude, superando a fraude física pela primeira vez. Consequentemente, os cibercriminosos exploram o anonimato das transações digitais e transfronteiriças para executar golpes rápidos e indetectáveis. Além disso, o aumento das fraudes e a utilização de tecnologias como a Inteligência Artificial (IA) ampliam a capacidade dos cibercriminosos de explorar tanto consumidores como empresas.

O estudo também reflete a evolução das táticas criminosas. Na América Latina, a etapa da jornada do cliente com maiores perdas por fraude é a criação de novas contas, representando o maior desafio para instituições financeiras (46%) e varejistas (44%). Os criminosos estão explorando a crescente popularidade dos bancos digitais e do e-commerce utilizando identidades roubadas ou sintéticas para abrir contas fraudulentas.

“É evidente que novas formas de fraude aumentam o risco de perdas financeiras para consumidores e empresas”, diz Rafael Costa Abreu, diretor de fraude e identidade LATAM da LexisNexis Risk Solutions. “Os problemas enfrentados pelas empresas tornam-se ainda mais desafiadores devido ao efeito multiplicador da fraude, onde as perdas sofridas pelas organizações continuam a aumentar e excedem em muito o valor nominal perdido em qualquer transação. Prevenir a fraude requer uma abordagem multicamadas ao longo da jornada do cliente.”

Imagem: Envato

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *