Connect with us

Colunistas

Da bandeira independente à rede consolidada: o caminho do sucesso com franquias

Published

on

bandeira independente

A força de marca e o know-how adquirido com anos de experiência representam dois dos mais valiosos atributos das redes de franquias bem-sucedidas. É exatamente isso que atrai indivíduos interessados em embarcar na jornada empreendedora ao optar por abrir uma unidade franqueada, em detrimento de iniciar um negócio próprio, chamado de “bandeira independente’.

Ao se unir a uma rede consolidada, o empreendedor obtém acesso a uma série de processos, estratégias e ferramentas de gestão, previamente testados para serem implantados em cada negócio. Por outro lado, o recurso financeiro para investir nessas inovações já foi aportado pela marca franqueadora. É com base nessa premissa que muitas redes prosperam. A conversão de empreendimentos de “bandeira independente” se torna um negócio vantajoso para ambas as partes – a franqueadora, que expande sua base de franqueados e, consequentemente, seus recursos financeiros, e o franqueado, que adquire toda a expertise acumulada da marca ao longo dos anos, facilitando sua trajetória de sucesso como empreendedor.

O potencial desse modelo é gigantesco em diversos setores. No setor de farmácia, onde estamos inseridos, existe um universo com mais de 50 mil pontos de venda, onde grande parte tem potencial para aderir a esse processo de transformação, tornando-se uma farmácia de nossa rede.

É importante ressaltar que as franquias apresentam significativamente mais chances de sucesso do que os negócios independentes. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a taxa de mortalidade das franquias é de apenas 2,9%, em comparação com cerca de 20% no caso das pequenas empresas que operam de forma isolada (dados do Sebrae). Essa diferença é resultado direto de todo conhecimento especializado que as redes transmitem aos seus franqueados.

O impacto desse modelo é evidente nos números do setor de franquias. Segundo a ABF, o segmento alcançou um faturamento de R$ 240 bilhões em 2023, representando um aumento de quase 14% em relação ao ano anterior. Esse crescimento é significativamente superior ao crescimento da economia do país. O setor de saúde, beleza e bem-estar, em particular, se destaca com um crescimento de 17,5% no mesmo período. Esse segmento foi puxado pelas mudanças dos hábitos do consumidor, maturidade das marcas e seus franqueados subsegmentados, cuidados pessoais, óticas, odontologia, farmácias e estética.

O suporte operacional oferecido pelas franqueadoras aos franqueados, que inclui plataformas de compras, vendas, gestão e capacitação, bem como estratégias de vendas e marketing e integração com canais digitais para ampliar o alcance e o volume de vendas, são elementos fundamentais que contribuem para o sucesso das unidades franqueadas. Essa estrutura proporciona uma base sólida para o desenvolvimento e crescimento sustentável do negócio.

Portanto, ao considerar todos esses aspectos, é inegável que a conversão de um estabelecimento independente para uma franquia não apenas abre portas e para o sucesso empresarial, mas também oferece uma base sólida para o crescimento sustentável e a realização dos objetivos empreendedores.

Imagem: Envato



Renan Reis
, CEO da FarMelhor