Connect with us

Design

Rosa Pink: por que não continuar investindo nessa cor no seu comércio varejista?

Números mostram que a cor não deve permanecer como uma tendência por muito tempo, e você pode perder investimentos

Published

on

Pernas de boneca com sapatos rosa nos pés saem de banheira cor de rosa, em fundo rosa.

Apesar de o filme Barbie ter esgotado a cor Barbie Pink em tinta do mundo todo, e, na mesma onda, todas as vitrines do varejo estarem na cor rosa, números apontam que a tendência é que essa cor permaneça por pouco tempo no hype, e que dê baixos resultados em lucro para os varejistas.

Desde junho de 2022, de acordo com o WGSN, a cor Barbie Pink tem estado em alta, crescendo 21% em menções nos primeiros quatro meses de 2023. Desde que o filme Barbie foi anunciado, no ano passado, a utilização dessa cor só aumentou no mercado de vestuário, e foi comum ver, no lançamento do filme, todas as vitrines de lojas de roupa exaltando o Barbie Pink. E no cinema não foi diferente: todos os espectadores usando peças rosa foi uma marca da estréia do filme.

Pernas de boneca com sapatos rosa nos pés saem de banheira cor de rosa, em fundo rosa.

Porém, pesquisas do WGSN mostram que o desempenho dos produtos da cor rosa pink não estão indo bem no mercado de varejo. De acordo com esses dados, os varejistas aumentaram em 1 ponto percentual a quantidade de produtos na cor Barbie Pink. Porém, a taxa de descontos tem sido maior que a média, e apenas 9% dos produtos têm se esgotado pelo preço original, ao contrário dos convencionais 13% de outras cores. As peças que têm saído bem são macacões, pijamas e calças.

Portanto, ao pensar no design e escolher as cores das suas peças no varejo, especialmente de moda, vale apostar em peças mais claras, e investir em tons de rosa mais permanentes e em acordo com as tendências do ano. Afinal, o hype do filme foi impactante, mas ele provavelmente passará mais rápido do que se esperava.

Imagem: Envato