Connect with us

E-commerce

Black Friday: venda de gift cards deve aumentar 143%

Projeção para vendas online se deve ao aumento da demanda e mudanças no comportamento do consumidor

Published

on

Mulher sorrindo ao ganhar gift card; Black Friday

A Black Friday, um dos eventos mais esperados do varejo mundial, está chegando no dia 24 de novembro, e as marcas já estão se preparando para o grande dia. Entre os segmentos em crescimento constante no Brasil, encontra-se o mercado de cartões-presente, que não fica para trás na corrida para conquistar o coração dos consumidores.

A Todo Incomm, líder da indústria de gift cards no Brasil, com um histórico impressionante de mais de 2,8 milhões de cartões-presente vendidos ao longo de seus 12 anos de existência, está otimista em relação ao desempenho deste ano. A empresa projeta um crescimento de 17% nas vendas de gift cards em lojas físicas em comparação com 2022. No entanto, a grande surpresa vem das vendas online, onde a previsão é de um aumento de impressionantes 143% em relação ao ano anterior.

Essa projeção positiva se deve, em parte, ao aumento da demanda por compras online, que continua a ser uma preferência mesmo com a reabertura total da economia após o período crítico da pandemia. De acordo com uma pesquisa recente realizada pela NZN Intelligence, 64% dos entrevistados preferem fazer compras online, enquanto 36% optam por adquirir produtos em lojas físicas. Isso não apenas reflete o maior acesso à internet, mas também uma mudança significativa no comportamento de consumo.

Para impulsionar ainda mais esse novo comportamento do consumidor, os varejistas estão investindo em ações promocionais especiais durante a Black Friday, seguindo o exemplo de empresas como ZZMall e Applebee’s no Dia dos Pais, Coco Bambu e Cinesystem no Dia do Cliente, e Bacio Di Latte no Dia do Sorvete.

A flexibilidade e comodidade na hora de comprar estão impulsionando a cultura de consumo de cartões-presente, que está crescendo, principalmente em países como os Estados Unidos, onde as maiores redes já adotaram esse sistema há anos. No Brasil, o mercado de cartões-presente existe há algum tempo, mas ganhou destaque a partir de 2015, quando passou a ser amplamente adotado com foco na experiência do cliente, na mobilidade e na omnicanalidade. De acordo com a última Global Gift Card Survey, a indústria de cartões-presente deve movimentar cerca de 689 milhões de dólares no Brasil até 2026.

O guia “O Futuro do Presente,” desenvolvido pela Todo Incomm, sobre o impacto do ato de presentear e dos cartões-presente para o varejo, revela que 71,4% dos participantes que responderam à pesquisa optaram pelo cartão-presente devido à liberdade de escolha que oferece. Além disso, 83,3% afirmaram que a pessoa presenteada ficou muito satisfeita ao receber um cartão-presente, devido à autonomia na escolha.

A Todo Incomm, em parceria com a gigante americana de tecnologia InComm Payments, que adquiriu a retailtech brasileira em 2020, tem redefinido a indústria de cartões-presente no Brasil. Recentemente, apresentou o Zift Card, um cartão multimarca criado para atender à crescente demanda do mercado em diversos segmentos.

Mulher sorrindo ao ganhar gift card; Black Friday

Imagem: Envato