Connect with us

Franchising

Dot Bank une banco digital e franquia em negócio inédito no Brasil

Fundado em 2019, negócio é primeiro no país a unir banco digital e franchising

Published

on

Marcelo Salomão, fundador do Dot Bank, franquia e banco digital num só negócio

Recentes dados divulgados pelo 2º volume da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2023 (ano-base 2022), realizada pela Deloitte, revelaram que quase 8 em cada 10 transações bancárias no Brasil são realizadas em canais digitais, como o mobile banking e internet banking, representando 77% do total. 

Esse fenômeno é impulsionado por um aumento de 30% nas transações bancárias em 2022, a maior já registrada na história, sendo influenciada principalmente pelo desempenho do mobile banking, que teve uma alta de 54% no número de operações.

O setor financeiro está em plena revolução, com novas empresas surgindo e inovando para oferecer serviços bancários inteiramente baseados em tecnologia. Nesse cenário, o empreendedor serial Marcelo Salomão, da cidade de Birigui, interior de São Paulo, desenvolveu o Dot Bank, o primeiro banco digital a operar como franquia no Brasil.

Marcelo Salomão, criador do Dot Bank, revela: “Nunca consegui entender as regras bancárias e os grandes abusos que o setor comete contra as empresas, então, decidi montar meu próprio banco, mas com zero reais de mensalidade e baixo custo de produtos e serviços.”

O Dot Bank é voltado para empresas com alto volume de emissão de boletos bancários que desejam automatizar 100% de seu fluxo de pagamento e recebimento. A plataforma oferece foco em pagamentos, recebimentos, conciliação e automação de finanças com integração em softwares de gestão. 

Além disso, a marca oferece serviços de conciliação e automação de finanças, cobrança e recuperação de títulos vencidos, envio e recebimento de dinheiro para o exterior, câmbio e TED com custo fixo. Através da plataforma, é possível realizar toda a gestão do negócio em um único software.

O Dot Bank também enfatiza a introdução de novos serviços, como contas de pagamento, um sistema de gestão empresarial 100% online chamado ERP Dot Bank, um aplicativo de frente de caixa homologado em parceria com a Stone, empréstimos com garantia em imóveis e automóveis, empréstimos consignados privados para pessoas jurídicas, e muito mais.

O Dot Bank opera com dois modelos de negócios exclusivamente em home office:

  • Modelo Premium: Voltado para empreendedores que desejam fazer do Dot Bank sua fonte de renda principal. Os franqueados são responsáveis pelas vendas, treinamento com o cliente e suporte sobre todos os produtos do portfólio, com um investimento inicial de R$ 7 mil, que inclui a taxa de franquia, capital de giro e instalação. O faturamento médio mensal é de R$ 8 mil, com um lucro líquido de R$ 5.500 e retorno do investimento previsto entre 3 a 12 meses.
  • Modelo Light: Ideal para franqueados que já possuem outros negócios e desejam agregar valor às atividades prestadas a sua carteira de clientes. O investimento inicial é de apenas R$ 2.320,00, já incluindo a taxa de franquia e o capital de giro. O faturamento é de R$ 8 mil mensal, com um lucro líquido de R$ 2 mil e um payback entre 3 a 12 meses.

Em ambos os modelos, os franqueados têm a oportunidade de comercializar todos os produtos oferecidos pela franqueadora, diferenciando-se apenas nos formatos e valores de comissionamento de alguns produtos, atendimento de suporte e o valor de investimento.

O papel do franqueado é atuar como agências/gerentes do banco em sua região, gerando receita com vendas de cestas ou pacotes de produtos oferecidos pela franqueadora, de acordo com as necessidades de cada cliente.

O Dot Bank já conta com 8 operações, sendo 4 franqueadas e 4 próprias, em estados como São Paulo, Minas Gerais e Pará. A rede projeta atingir a marca de 16 operações até 2024, com um objetivo de movimentar R$ 100 milhões no banco no próximo ano.

Marcelo Salomão, fundador do Dot Bank, franquia e banco digital num só negócio

Imagem: Divulgação