Connect with us

Operação

Maranhão entra na mira do Divino Fogão que planeja abertura de oito pontos de venda no estado

Objetivo da rede é ampliar presença na região Nordeste e levar a famosa ‘comfort food’ para os maranhenses

Published

on

Foto de loja do Divino Fogão

No mercado há 39 anos, o Divino Fogão se tornou referência no segmento Food Service ao oferecer serviço de buffet em praças de alimentação de shopping centers. Com mais de 210 pontos de vendas, a rede, que também é conhecida pela culinária da fazenda, busca ampliar atuação na região Nordeste com a abertura da primeira operação no Maranhão. O objetivo da marca é levar para a população local pratos que resgatem as memórias afetivas da infância. Para isso, a empresa planeja implantar até o fim de 2024 quatro operações no estado maranhense, de acordo com a demanda de investidores na região.

Com o planejamento de expansão estruturado para a região, o Divino Fogão levou em consideração municípios que contam com mais de 170 mil habitantes. Além disso, a rede que sempre atuou em centros comerciais também espera implantar seu projeto de cozinha invisível, também conhecido como dark kitchen, em cidades e/ou bairros que não possuem um shopping e contam com grande fluxo de pedidos via delivery. Neste formato, a rede espera abrir quatro pontos de vendas no Maranhão.

“Enxergamos um grande potencial no estado, já que a economia da região Nordeste está em retomada e crescimento. Além disso, a alimentação fora do lar é um dos pilares do segmento Varejista, visto que a população precisa se alimentar, seja no horário de pausa do trabalho ou a lazer. Dessa forma, queremos proporcionar uma experiência que resgata as lembranças da infância, com receitas típicas de avôs, como feijão tropeiro, galinhada e baião de dois, além de oferecer preço justo e acessível, com comidas elaboradas com ingredientes frescos e de produtores locais”, revela Reinaldo Varela, fundador e presidente do Divino Fogão.

Com mais de 32 opções quentes e 15 de saladas, a franquia de comida da fazenda é conhecida pela diversidade, qualidade e sabor de pratos. Para fazer parte da rede, o investimento inicial é a partir de R$ 800 mil, com faturamento médio mensal de R$220 mil e lucro líquido em torno de 15% a 18%.