Connect with us

Operação

Snacks impulsionam o crescimento do mercado de lanches de carne para $26,75 bilhões até 2029

Published

on

snacks

O mercado global de snacks de carne está no caminho para alcançar $26,75 bilhões até 2029, impulsionado pela crescente preferência dos consumidores por lanches práticos e nutricionalmente ricos.

Nirmit Limbachia, Líder de Projeto na Mordor Intelligence, disse que um estilo de vida agitado, particularmente em países como China, Japão e Austrália, parece criar uma demanda significativa por opções de lanches convenientes.

Opções de snacks de carne, como jerky e tiras de carne seca, que são facilmente portáteis e não requerem preparação, alinham-se perfeitamente com as necessidades dos jovens residentes urbanos entusiastas que preferem lanches rápidos e satisfatórios.

“Os snacks de carne são percebidos como uma opção rica em proteínas que contribui para uma dieta equilibrada,” disse Limbachia. “Eles não apenas oferecem um aumento de energia, mas também ajudam na manutenção muscular, tornando-os populares entre os entusiastas do fitness e seguidores de dietas saudáveis.” Isso levou à introdução de snacks de carne compatíveis com dietas cetogênicas e paleo em toda a região, ajudando as empresas a diferenciar suas ofertas e ganhar uma vantagem competitiva. Em resposta à crescente demanda por produtos alimentares orgânicos e especializados, os fabricantes de snacks de carne estão inovando para atender a diversas preferências dietéticas. “Com a crescente influência da cultura ocidental e dos hábitos alimentares, os consumidores começaram a referir-se a dietas cetogênicas, paleo e outras dietas como vegana,” observou Limbachia. Como resultado, as empresas estão diferenciando seus produtos em termos de ingredientes e matérias-primas.

Leia também: Franquias de fast food: conheça boas oportunidades!

A região APAC é conhecida por seus hábitos alimentares diversos, o que levou os fabricantes a personalizar seus snacks de carne para alinhar-se com as preferências locais, infundindo especiarias e sabores tradicionais. “Por exemplo, snacks com sabor de teriyaki atraem consumidores no Japão, enquanto variações picantes como chili tailandês são populares em países do sudeste asiático como Indonésia, Tailândia e Vietnã,” disse Limbachia.

Além de incorporar sabores locais, as empresas estão aprimorando suas embalagens com recursos como designs resseláveis e tamanhos de porção única para atender à crescente demanda por conveniência e opções práticas. “Considerando a ampla conscientização sobre a cultura vegana em países asiáticos, pode haver um aumento no uso de proteínas alternativas para atender aos diversos hábitos alimentares,” acrescentou Limbachia.

À medida que o mercado de snacks de carne continua a evoluir, manter a qualidade e a autenticidade será crucial para as empresas que desejam ter sucesso nesse mercado dinâmico. A capacidade de adaptar-se aos gostos locais enquanto oferece produtos nutricionalmente benéficos e convenientes provavelmente determinará os futuros líderes na indústria de snacks de carne.

 

Imagem: Envato
Informações: Retail Asia
Tradução Livre: Central do Varejo