Connect with us

Operação

Stanley está se tornando uma marca de acessórios

Published

on

Stanley

A Stanley costumava ser considerada uma empresa voltada para o trabalhador comum. Mas, à medida que o copo térmico Stanley explodiu em popularidade nos últimos anos, a marca está agora se expandindo para acessórios mais modernos.

As pessoas formaram filas por horas para colocar as mãos nas cores de edição limitada que a Stanley lançou em colaboração com parceiros de varejo como Target e Starbucks, enquanto vídeos de mulheres decorando seus copos Stanley dominaram o TikTok, onde há mais de 82.000 postagens usando a hashtag #StanleyTumbler. De acordo com a CNBC, a Stanley faturou $73 milhões em vendas em 2019. No ano passado, a empresa foi projetada para alcançar $750 milhões em vendas, ressaltando como a popularidade da marca disparou.

Por conta do fato de que suas garrafas de água se tornaram um símbolo de status, a Stanley se transformou em uma marca de acessórios. Agora, a Stanley está abraçando mais fortemente essa transformação com o lançamento de bolsas, que a marca revelou em meados de abril, gerando uma lista de espera de cerca de 50.000 pessoas em sua primeira semana e meia no mercado.

Em entrevista ao Modern Retail, o presidente da Stanley, Matt Navarro, disse que a marca ainda está “explorando como poderiam ser os lançamentos futuros de produtos” para sua nova linha de bolsas. Mas, ele mencionou que nos últimos anos, o crescimento da Stanley resultou em uma base de clientes mais jovem e diversa, que “tem uma grande apreciação por estilo, design e cor”. Em resposta, a Stanley está buscando projetar mais produtos com esse cliente em mente.

“Os consumidores de hoje [carregam] chaves, telefone, carteira e Stanley ao sair de casa”, disse Navarro. “Estamos super, super orgulhosos disso. E o desafio que isso nos cria é: como realmente continuamos a trazer produtos aos consumidores que eles amam e reconhecem, enquanto ainda somos inovadores, frescos e mantemos as coisas novas?”

A Stanley, fundada em 1913, começou vendendo produtos duráveis que os trabalhadores braçais podiam levar com eles no trabalho. Isso incluía não apenas garrafas de água, mas também lancheiras de aço inoxidável. Mas a nova linha de bolsas — chamada de Coleção All-Day — é a primeira incursão da Stanley em bens macios.

A linha atualmente consiste em três itens, incluindo uma mini cooler e uma mochila cooler. Coolers e garrafas de água andam de mãos dadas, e muitos dos concorrentes da Stanley, como Simple Modern e Hydro Flask, têm produtos similares. A Yeti seguiu a trajetória oposta, lançando primeiro com coolers antes de entrar no mercado de garrafas de água e produtos similares.

O outro novo item na Coleção All-Day é o Quencher Carry-All, que demonstra o quão grande a garrafa de água Stanley se tornou como uma declaração de moda. Feito para caber na Quencher de 40 onças da Stanley, o Carry-All é projetado para que alguém possa carregar sua Stanley sobre o quadril, em vez de guardá-la discretamente em uma bolsa ou cooler. Há também bolsos para alguém guardar a carteira, telefone e chaves.

“Com nossa Quencher sendo muito viral nos últimos três ou quatro anos e criando um grande burburinho nas redes sociais e entre os consumidores, é realmente uma oportunidade para nós trazermos um acessório realmente legal, chique e funcional para o primeiro plano”, disse Navarro.

O Carry-All também incorpora algumas das atualizações que os compradores já estavam fazendo em suas Stanley Quenchers; inúmeros posts no TikTok detalham como os proprietários das garrafas Stanley têm personalizado suas garrafas. Isso inclui bandejas de silicone que as pessoas podem colocar sobre a tampa da Quencher Stanley, tampas de canudos, enfeites e bolsas de malha que as pessoas prendem às suas Stanley para guardar suas carteiras ou telefones. Alguns desses acessórios estão incluídos em listas de “indispensáveis da Stanley na Amazon”.

Zoe Scaman, fundadora do estúdio de estratégia Bodacious, observou nas redes sociais que o Temu está cheio de anúncios de suportes para garrafas de água. Em entrevista ao Modern Retail, Scaman disse que vê a linha de bolsas como uma “extensão inteligente que não está apenas jogando com as tendências do TikTok.”

“Seria realmente barato ou muito fácil para [a Stanley] lançar enfeites, por exemplo”, disse Scaman. Mas as bolsas parecem dar à Stanley “mais fundamento nos hábitos diários das pessoas”, disse ela. Ela acrescentou que vê mais espaço para a Stanley lançar diferentes variações de tampas, para atender às pessoas que possuem “uma ou duas Stanleys, mas querem mudar como um acessório de moda”. Atualmente, a Stanley vende diferentes tampas em seu site, mas elas vêm em uma variedade mais limitada de cores.

Navarro, por sua vez, disse que a marca está ciente de como as pessoas estão personalizando suas garrafas. Mas, ele disse que o lançamento das bolsas foi impulsionado pelo desejo de “criar um acessório mais intuitivo, mantendo nossos padrões de qualidade e durabilidade que os consumidores esperam de nós”.

Ele mencionou que a marca tem estado “muito entusiasmada com a resposta dos consumidores” à Coleção All-Day até agora, observando que as pessoas já começaram a postar vídeos de unboxing nas redes sociais.

Navarro também pareceu sugerir mais lançamentos e expansões no horizonte. “Obviamente, a transformação da marca tem realmente sido enraizada na revolução das cores no espaço de bens duros”, disse ele. “E acho que vocês nos verão permanecer fiéis a isso com lançamentos principais, sazonais e até especiais ao longo do ano em bens macios.”

Imagem: Envato
Informações: Anna Hensel para Modern Retail 
Tradução Livre: Central do Varejo